RSS
 

13 Fev

 

Tanto se fala de chocolate e das pessoas que o adoram !

Algumas pessoas que adoram este ingrediente são apelidadas de chocólatras…! 😉

Está na hora de se falar por aqui um pouco deste tema, talvez pudesse ser algo esclarecedor…

Bom, segundo algumas pesquisas que fiz, ao que parece pode-se atribuir à condição de chocólatra 2 explicações:

 

  • a psicológica,
  • a médica

 

Vejamos o que nos explica cada uma delas…

 

Explicação psicológica

 

O Chocólatra é, como o nome indica, um viciado em chocolate. Podemos então pensar que o chocólatra tem tudo em comum com um toxicodependente, um alcoólico ou um jogador compulsivo.

Será ?

Bom… em primeira análise não há nada que os ligue, mas a verdade é que todos eles são viciados em algo. A diferença é que existem certos vícios que a sociedade tolera, como é o caso dos chocólatras, e outros que a sociedade condena como, por exemplo, os toxicodependentes.

O vício é explicado como sendo uma fragilidade da personalidade e todos estão, mais ou menos, sujeitos a ele. As emoções são, como bem se sabe, o principal factor que determina o comportamento humano, senão vejamos:  se a pessoa se conseguir manter emocionalmente bem, não cederá ao vício. Mas também é sabido que não existe ninguém que se mantenha equilibrado permanentemente.

Qualquer um de nós se pode tornar frágil emocionalmente e, consequentemente, compulsivo e ansioso. A pessoa compulsiva toma uma decisão determinada não tendo controlo da situação, mas tendo perfeita consciência do que faz. O vício é sempre controlado quando as pessoas têm consciência de que estão viciadas e a procura de um processo de auto conhecimento para se trabalhar a ansiedade ajuda a melhorar, porque só o tratamento com medicamentos não funciona.

 

Explicação médica

 

Porque é que algumas pessoas são apaixonadas por chocolate ?

Porque o chocolate  melhora o humor das pessoas!

E porque é que isso acontece ?

Porque o chocolate estimula a produção de serotonina (que é nada mais nada menos do que uma substância no cérebro que melhora o humor) e evita a oxidação e a deterioração das células.

Senão vejamos:

  • há pessoas que entram em depressão e recorrem ao chocolate para ajudar a manterem-se calmas;
  • há pessoas que quanto mais nervosas e mais ansiosas estão, mais consomem chocolate.

 

O grande problema surge quando aparecem os chocólatras obesos, pois muitos entram em depressão quando têm que restringir completamente o chocolate de sua dieta. Para evitar que essas pessoas não venham a aderir à dieta que se impõe, alguns nutricionistas são obrigados a incluir algumas porções de chocolate no menu.

Depois há ainda pessoas que são compulsivas por açúcar e que apresentam um déficit de serotonina, o que vai impedir a sensação de calma e estabilidade de humor que é indispensável às células cerebrais. Nestes casos é necessário recorrer a um tratamento que é realizado através de um medicamento que eleva o nível de serotonina no cérebro, dando uma sensação de saciedade.

Uma chamada de atenção: os médicos relembram que os “ataques” dos chocólatras costumam ocorrer à noite, quando são comuns as crises de depressão, como tal talvez seja prudente começar a tentar trabalhar esse aspecto.

Há quem culpe a teobromina (substância do cacau) como a responsável pela “atracção fatal” exercida pelo chocolate, e quem aponte a feniletilamina, que é precisamente a mesma substância que o cérebro liberta quando a pessoa está apaixonada.

E ainda existe a situação do desejo incontrolável por chocolate que algumas mulheres sentem no período pré-menstrual, por exemplo. Alguns especialistas afirmam que a causa está relacionada com as alterações no nível hormonal, uma vez que quando está deprimida a mulher sente vontade de ingerir alimentos com alto teor de gordura.

Bom… depois disto e se você é amante de chocolate, pode perguntar-se: chocólatra ou não ? A resposta só você poderá dar ! 😉

 

Share on Facebook

Veja também:

 

Tags: ,

Deixe um comentário

 

 
  1. Adriana

    23 de Fevereiro de 2012 at 17:56

    Gostei muito desse site!

     
  2. Ivone Rodrigues

    14 de Fevereiro de 2012 at 21:10

    Eu sou chocóooolatra assumida, Adoroooo chocolate quando estou deprimida…podes dar-me sempre chocolates!!!

     
    • Isabel

      14 de Fevereiro de 2012 at 22:11

      Amiga, imagina que eu “ainda nem tinha reparado nisso” ! 😉
      Eh eh … Volta sempre !
      Beijos